quinta-feira, 30 de junho de 2011

IBM cria nova memória que promete inicializar o PC instantaneamente


Chamada de PCM, ela promete ser 100 vezes mais veloz que a flash.
Empresa espera que novidade esteja em uso dentro de cinco anos.




Adicionar legenda

Cientistas da IBM afirmam ter desenvolvido um novo tipo de memória que promete ser 100 vezes mais rápida que a flash, utilizada atualmente em diversos aparelhos, de notebooks até celulares. Chamada de "phase-change memory" (PCM), pode, também, armazenar múltiplos dados por célula por um longo período sem risco de perder parte da informação. Além disso, a descoberta permitirá inicializar computadores e servidores instantaneamente.
De acordo com a companhia, o sistema permite o desenvolvimento de novas aplicações que façam uso dessa memória, que traz um acesso mais rápido e durável aos dados, além de apresentar um baixo custo. O sistema promete resistir a 10 milhões de ciclosde uso, contra cerca de 3 mil da memória flash voltada para consumidores, ou seja, ela pode durar mais sem a perda de dados após um grande número de acessos ou tempo de utilização.
A PCM é feita de uma liga especial de materiais que podem ser transformados em diferentes estados físicos por meio de pequenas descargas elétricas. A intenção é utilizar a novidade em celulares e em servidores de armazenamento na nuvem. A IBM diz que a PCM pode ser um novo avanço para as áreas de TI das empresas e para sistemas de armazenamento nos próximos 5 anos.
"Com os consumidores e empresas utilizando cada vez mais modelos e serviços baseados na nuvem, é preciso criar tecnologias de armazenamento mais baratas e poderosas", disse Haris Pozidis, chefe da área de pesquisa de tecnologias de memória da IBM. "ao demonstrar a PCM, damos um grande passo para criar dispositivos de armazenamento mais confiáveis e com mais espaço".

Fonte: Do G1, em São Paulo