terça-feira, 19 de abril de 2011

Europa alerta sobre perigos das Redes Sociais

A União Europeia alertou que muitas crianças não utilizam as configurações de privacidade em sites de redes sociais como o Facebook que poderiam deixá-las menos vulneráveis a bisbilhoteiros e a outros perigos na rede.

Os dados da UE mostram que 77% dos jovens dos países membros entre 13 e 16 anos têm perfis em redes sociais. Entre os que têm entre 9 e 12 anos, o número passa para 38%.

Vinte e cinco por centos dessas crianças não usam as configurações de privacidade que podem deixar o perfil mais restrito a usuários desconhecidos, e um quinto delas publicam números de telefone ou endereços em seus perfis, que são abertos.

A representante da UE para o programa Digital Agenda, Neelie Kroes, disse nesta segunda, 18, que “essas crianças estão se apresentando de uma maneira muito perigosa e vulnerável a aproveitadores”.

Kroes fez o alerta pedindo aos sites de redes socias que impeçam automaticamente que perfis de menores possam ser vistos por usuários além de seus amigos no site.


Por: Agências / AP